Episódios do Passado

28 mai

10406774_509545302505729_3115940085123226544_n Reveillon  do ano de 1989, no Itaporanga Esporte Clube, 31 de Dezembro

 

CARLITO E FAMÍLIA
Doutor Carlos Augusto de Carvalho, dançando a valsa dos 15 anos de sua filha ANA CARLA

Pai Gusto O Patriarca Jose Augusto de Carvalho, com sua Neta HERMINALICE, filha de ZÉ PITARCA.

Tatão pai e vó O escrivão de polícia da cidade de  Itaporanga  Antônio Augusto de Carvalho , o seu filho Ademar Augusto e sua esposa Maria Perpétua Leite

Aldinete Aldinete Alves. Muito querido em Itaporanga

Titico O benfeitor de Itaporanga, TITICO PEDRO, presidente da Rádio Comunitária Boa Nova fm, DA   Fundação cultural ANÁLIA RODRIGUES

Birato IV O saudoso “Birato” e  a sua linda esposa Lourdinha .

PRAXEDES PITANGA Ex-prefeito de Itaporanga, ex- deputado  Praxedes Pitanga

CAJUITA Foto fornecida por Maria  Ferreira , em momento de juramento. O primeiro da direita de quem olha o Jornalista Ademar Augusto

imagesCA9YJCR9 Antiga procissão, na cidade de Itaporanga
Igraja-belha-de-Itaporabga-300x244 Velha Igreja do Rosário de Itaporanga.

1173808_466152400149392_1357968938_n

Aniversário de Emílio Leite

Aniversário de Emílio Leite

Tôta Partiu

27 mai

Edílio, Edilma, Edna, Edilene, Edilce, Verinha, Dedé e Nena… Eu sei como dói quando perdemos a mais querida de nossa vida! É muito ruim porque às vezes queremos reter as lágrimas, mas o melhor mesmo é deixa-las rolar e lavar a dor da nossa alma.
Infelizmente a maioria de nós seres humanos tem uma visão muito limitada da vida e quando se trata de morte a nossa visão é menor ainda. O problema é que nós não queremos que nossos entes queridos partam e nos deixe aqui cheios de saudades. Minha mãe por exemplo, envelheceu, antes porém constituiu uma família linda como a de vocês, batalhou por esta família e tempo para ela na minha visão foi muito curto, morreu com 94 anos para mim muito nova.
É necessário ver que a onipotência e a sabedoria de Deus é muito grande e seu acho que minha mãe morreu muito nova com 94 anos, o que dirão aqueles que perderam seus entes queridos cedo demais? O que dirão aqueles que perderam filhos invertendo o ciclo natural da vida?
A verdade é que nossos familiares queridos quando partem desta para outra vida nos deixam muitas saudades e na visão de Deus elas estão indo na hora certa e sempre bom lembrar que muitas dessas pessoas tiveram uma linda e responsável passagem pela terra como foi o caso de nossa linda e querida Eurides( Tôta ).
Tôta nos deixa e o seu último suspiro nos causou muita saudade e se isso acontece é porque ela só deixou amigos, tendo sido uma realizadora de sonhos, porque fazer outras pessoas felizes foi a meta principal de sua.
A morte é uma continuação da vida, para meus irmãos espíritas nós começamos realmente a viver quando morremos, portanto quando temos alguém que morre não perdemos esse ser, apenas iremos sentir uma dor de saudade, mas na verdade aquela pessoa apenas cumpriu uma etapa natural da sua existência e por não sermos evoluídos, choramos e muitas vezes nem sabemos parar.
Todos os dias vemos a noite jogar seu lençol sobre o dia e a terra que nos abriga fica escura mostrando que foi-se mais uma jornada terrestre, quando nos desligamos da terra apenas foi-se uma jornada, porém outras virão e entre elas a evolução do nosso espírito destino a Deus.
Devo lembrar que não sou espírita e que dentro do catolicismo que pratico faço parte da Milícia de Maria Imaculada onde procuramos devotar nosso amor a Mãe Rainha.
Baseado nos princípios da Milícia, devo dizer que com a morte de nossos entes queridos não devemos nos desesperar, pois Maria a mãe que Cristo nos deu na Cruz nos dá certeza de que as almas delas serão contempladas por Deus.
É bom lembrar que quando sofremos com a morte de um ente querido fazemos este ente sofrer e ela só descansa quando ver os que ficaram felizes.
Um coisa eu posso dizer a vocês, Tôta não está sozinha…e ama muito vocês, por tudo…e para sempre…pois para quem ama “para sempre não é muito tempo”.
Sorriam pois ela desejava mesmo alegria, por isso desejou dar a “luz”….e não muito diferente encontrou uma “Luz” muito maior que nós possamos ver.
Força, a vida continua… e outras pessoas dependem dessa força que há em cada um de vocês.
“Sintam abraçados e amados por mim.”
E Salve Maria Imaculada.

Edílio, Edilma, Edna, Edilene, Edilce, Verinha, Dedé e Nena... Eu sei como dói quando perdemos a mais querida de nossa vida! É muito ruim porque às vezes queremos reter as lágrimas, mas o melhor mesmo é deixa-las rolar e lavar a dor da nossa alma.<br />
Infelizmente a maioria de nós seres humanos tem uma visão muito limitada da vida e quando se trata de morte a nossa visão é menor ainda. O problema é que nós não queremos que nossos entes queridos partam e nos deixe aqui cheios de saudades. Minha mãe por exemplo, envelheceu, antes porém constituiu uma família linda como a de vocês, batalhou por esta família e tempo para ela na minha visão foi muito curto, morreu com 94 anos para mim muito nova.<br />
É necessário ver que a onipotência e a sabedoria de Deus é muito grande e seu acho que minha mãe morreu muito nova com 94 anos, o que dirão aqueles que perderam seus entes queridos cedo demais? O que dirão aqueles que perderam filhos invertendo o ciclo natural da vida?<br />
A verdade é que nossos familiares queridos quando partem desta para outra vida nos deixam muitas saudades e na visão de Deus elas estão indo na hora certa e sempre bom lembrar que muitas dessas pessoas tiveram uma linda e responsável passagem pela terra como foi o caso de nossa linda e querida Eurides( Tôta ).<br />
Tôta nos deixa e o seu último suspiro nos causou muita saudade e se isso acontece é porque ela só deixou amigos, tendo sido uma realizadora de sonhos, porque fazer outras pessoas felizes foi a meta principal de sua.<br />
A morte é uma continuação da vida, para meus irmãos espíritas nós começamos realmente a viver quando morremos, portanto quando temos alguém que morre não perdemos esse ser, apenas iremos sentir uma dor de saudade, mas na verdade aquela pessoa apenas cumpriu uma etapa natural da sua existência e por não sermos evoluídos, choramos e muitas vezes nem sabemos parar.<br />
Todos os dias vemos a noite jogar seu lençol sobre o dia e a terra que nos abriga fica escura mostrando que foi-se mais uma jornada terrestre, quando nos desligamos da terra apenas foi-se uma jornada, porém outras virão e entre elas a evolução do nosso espírito destino a Deus.<br />
Devo lembrar que não sou espírita e que dentro do catolicismo que pratico faço parte da Milícia de Maria Imaculada onde procuramos devotar nosso amor a Mãe Rainha.<br />
Baseado nos princípios da Milícia, devo dizer que com a morte de nossos entes queridos não devemos nos desesperar, pois Maria a mãe que Cristo nos deu na Cruz nos dá certeza de que as almas delas serão contempladas por Deus.<br />
É bom lembrar que quando sofremos com a morte de um ente querido fazemos este ente sofrer e ela só descansa quando ver os que ficaram felizes.<br />
Um coisa eu posso dizer a vocês, Tôta não está sozinha...e ama muito vocês, por tudo...e para sempre...pois para quem ama "para sempre não é muito tempo".<br />
Sorriam pois ela desejava mesmo alegria, por isso desejou dar a "luz"....e não muito diferente encontrou uma "Luz" muito maior que nós possamos ver.<br />
Força, a vida continua... e outras pessoas dependem dessa força que há em cada um de vocês.<br />
"Sintam abraçados e amados por mim."<br />
E Salve Maria Imaculada.

Reynollds Augusto

27 mai
  1. rtir ·  · 
  2. Itagiba , minha amiga
    Já que você provocou
    Arranjei uma do fundo do baú
    Da minha infância querida
    O cabeção em evidência
    Era meu esplendor. (eh,eh,eh)
    Foto: Itagiba , minha amiga<br />
Já que você provocou<br />
Arranjei uma do fundo do baú<br />
Da minha infância querida<br />
O cabeção em evidência<br />
Era meu esplendor. (eh,eh,eh)

Ademar Augusto e sua Nifeta Nizeuda

27 mai
A quem interessa. O Jornalista Ademar Augusto e sua ninfeta NIZEUDA, no tempo dos sonhos.
Tai a minha beleza! eh,eh,eh
Foto: A quem interessa. O Jornalista Ademar Augusto e sua ninfeta NIZEUDA, no tempo dos sonhos.<br />
Tai a minha beleza! eh,eh,eh

Direto do Passado

27 mai
  1. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  2. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  3. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Marcos Ernesto , na cidade de Boa Ventura. Apresentando o filme: FERNÃO CAPELO GAIVOTA . 
    Essa é histórica.
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................<br /><br /><br />
Marcos Ernesto , na cidade de Boa Ventura. Apresentando o filme: FERNÃO CAPELO GAIVOTA .<br /><br /><br />
Essa é histórica.
  4. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  5. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  6. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  7. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  8. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  9. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  10. Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Direto do passado.<br /><br /><br />
................................................................................
  11. Itaporanga, ontem e hoje. Em algum lugar do passado.
    ……………………………………………………………………..
    Foto: Itaporanga, ontem e hoje. Em algum lugar do passado.<br /><br /><br />
................................................................................

Pedra Fundamental da Escola São Francisco

27 mai
O dia é 05
O mês é agosto.
O ano quem deve saber é Anatalia, 
Pedra fundamental da Escola São Francisco.
Registro do baú de Ademar Augusto 
Agora regatado.
Passado presente, é o nosso compromisso.

Um Casal Especial!

23 mai

 

Vivos. Felizes. Na dimensão real da vida. Daqui a pouco somos nós. Chega logo. O tempo é ilusão. Somos imortais, literalmente. o reencontro é certo. Paz aos dois. Cumpriram os seus papeis.
Papai,sei que mamãe hoje está muito feliz,pois em seus braços lhe recebeu e dizendo com muito carinho:”Meu velho,juramos amor eterno, e hoje estamos juntinhos, como sempre.”Filhos respeitem o nosso amor e fiquem felizes.
Foto: Papai,sei que mamãe hoje está muito feliz,pois em seus braços lhe recebeu e dizendo com muito carinho:"Meu velho,juramos amor eterno, e hoje estamos juntinhos, como sempre."Filhos respeitem o nosso amor e fiquem felizes.

 

Curtir ·  · 

 

 

Velhos Carnavais. Anos 70.

23 mai

5 h · 

Eita José, é tu?

Parece-me os antigos carnavais do Atlântida.

Parece-me os antigos carnavais do Atlântida.

  • Jose Francilino Primo Sim, Reynollds. Estou na foto tocando saxofone-alto ao lado esquerdo do Sr. Costa. Sinto-me honrado por ter feito parte dessa história. Toquei 13 carnavais com os seguintes maestros: Costa/Radegundis, Sargento Severino, Chico de Bidia, Eliseu Veríssimo (irmão de Pedroca de Piancó), Erivan, Modesto, Chico Jacinto e Sargento Antonio Amâncio, entre outros. Foram 09 carnavais em Itaporanga, 01 em Ibiara, 02 em Pombal e 01 em Acarí-RN. Todos eles com músicos maravilhosos como os que estão na foto acima. Iniciei em Orquestras de Frevo com o grande maestro Edimilson Pinto em 1972, quando tocamos durante toda a campanha política de João Franco em Itaporanga. Muito obrigado, Itaporanga. Que povo generoso!
    3 h · Editado · Curtir

Itaporanga: Fatos e Personalidades Histórica

06 mai

Colégio Padre Diniz , anos 70.Turma de Paulo Rainério

06 mai

 


WP Facebook Like Send & Open Graph Meta powered by TutsKid.com.